Talvez, saudade


Dias chuvosos, tua música nos meus fones, cartas guardadas.
Agora tudo reforça a dúvida entre sonho e pesadelo,
Ver fotos só me traz a certeza de que tudo foi o resto,
Não foi sua culpa.
Fiquei sabendo que chega de viajem nesse final de semana,
Mas agora me importo mais com os erros dessas frases,
Do que se te machucará sentir a minha falta na tua cama.
Saber que por tantas vezes, estive errada, é um tipo de tortura que não me satisfaz.
Só escrevo porque sei que palavras serão as melhores lembranças, um dia,
Numa manhã, quando você passar por mim e acenar com a cabeça,
Como se dá bom dia a um desconhecido,
A qualquer um que um dia sonhou em viver contigo,
E quando a chuva passar e a música for outra,

As cartas não serão de amor, talvez, saudade.

Comentários

Postagens mais visitadas